domingo, 30 de setembro de 2012

#Divagando: Traduttore traditore

Pois é, demorei horrores para postar de novo, mas cá estou eu voltando para falar sobre um dia muito especial que é pouco conhecido - e valorizado, infelizmente - pelas pessoas. Para quem não sabe, hoje, 30 de Setembro, é comemorado o Dia do Tradutor (cheguei meio tarde, já que o dia está quase terminando, mas antes tarde do que nunca, certo?).


O título deste post faz uma menção a uma velha expressão italiana que diz que todo tradutor é um traidor, uma vez que seu texto não conseguirá ser totalmente fiel ao texto original, já que é comum que sejam encontrados termos que não existem de uma língua para outra, logo o tradutor precisa encontrar meios para traduzir tal termo mesmo que não represente exatamente o que o autor do texto original quis dizer. Isso acontece o tempo todo, as línguas não possuem correspondentes exatos.

Alguns estudiosos dizem que uma tradução é um novo texto, pois o tradutor, quando traz o texto da língua estrangeira para a sua, está colocando todo o seu conhecimento de mundo ali, como se fatores externos o ajudassem a traduzir. Mas, obviamente, as ideias não são deles, o que vai entrar, de fato, no texto são suas escolhas de palavras, adequadas de acordo com o seu gosto. Portanto, nenhuma tradução será igual.

Antes de tudo precisamos entender que uma língua está inteiramente ligada com um costume e uma crença, em outras palavras, com uma cultura. Sendo assim, já imaginou como é complicado imprimir uma outra cultura à sua? A função do tradutor é exatamente essa: de trazer a cultura do outro para a nossa.

O trabalho de um tradutor perpassa o conhecimento da sua língua materna e da língua estrangeira. Como já falado, um tradutor é o ser que liga culturas diferentes e une povos distantes. Se você pensa que isso é algo fácil de fazer, pode tirar o seu cavalinho da chuva, porque está longe de ser fácil. Além de ser um trabalho que pede por atenção, paciência, pesquisa e muitas vezes horas perdidas de sono, é algo fascinante, encantador e minucioso.

São Jerônimo, um dos primeiros a traduzir a Bíblia.

Sem os tradutores não teríamos um terço de todo material estrangeiro que chega ao nosso país. Seria difícil assistir a um filme ou a uma série, ler um livro ou um manual de instruções, e muitas e muitas coisas em outras línguas. O papel do tradutor é essencial, ainda mais agora em que a interação ao redor do mundo cresceu de forma exorbitante com o avanço da internet.

É uma pena que, ainda assim com todos esses fatores positivos em relação a esta profissão, o tradutor não seja valorizado. Quantas vezes as pessoas olham o nome do tradutor de um livro? Aliás, o nome do tradutor vem bem pequeno, dentro do livro e não na capa. É claro que o autor do livro é o que chama mais a atenção, pois foi ele quem escreveu as ideias daquele livro, mas o tradutor também merece receber os créditos e ter um pouco mais de destaque. 

Fora a falta de valorização e a dificuldade em se trabalhar com tradução, o tradutor passa por inúmeros outros obstáculos. Às vezes o tradutor tem que ir atrás quando acha que alguma coisa é importante de ser traduzida, às vezes sofre com problemas de direitos autorais, outras vezes recebe condições péssimas de trabalho e, para piorar, é substituído por pessoas incompetentes ou por tradutores automáticos. E aí, você ainda está achando que traduzir é fácil, meu amigo?

Eu poderia passar horas aqui falando sobre tradução, pois este é um assunto que muito me fascina, mas como não quero fazer vocês se entediarem com meu texto, vou encerrar por aqui. Estou pensando em preparar outro post sobre o assunto, só que isso ficará para um outro dia. Fiquem agora com algumas ótimas frases sobre tradução:

"A tradução não é apenas uma questão de palavras: é uma questão de transformar toda uma cultura em inteligível" - Anthony Burgess

"Uma Tradução, por mais que deixe a desejar, é e sempre será uma das atividades mais importantes e dignas de relacionamentos dos povos" - Wolfgang Goethe

"São os autores que fazem as literaturas nacionais, mas são os tradutores que fazem a literatura mundial" - José Saramago

"Para ser tradutor, imagino que seja preciso acreditar que o conhecimento das culturas do país de origem e do nosso são fundamentais. A tradução é uma ponte entre duas culturas" - Lia Wyler

Feliz Dia do Tradutor!

Beijos :)

9 comentários:

  1. Que post legal. Realmente é um trabalho pouco valorizado, mesmo sendo tão importante.
    Adorei o post.

    Carissa
    http://artearoundtheworld.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Imagino como é, ainda mais que faço letras
    E é um trabalho super importante

    Beijos
    @pocketlibro
    http://pocketlibro.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Nuss, nem sabia.
    Otimo post.
    É um trabalho super importante e interessante, mas pouco valorizado :x
    Beijos
    Bruna-Livros de Cabeceira

    ResponderExcluir
  4. Adorei o blog, bem interessante!

    Um beijão :)

    ResponderExcluir
  5. Amei o post *_* um ótimo trabalho e super importante, amei o blog!!
    Bjs!
    http://bobagemdagente.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. O que seria de nós sem esses belos profissionais,não é mesmo? Gostei da sua postagem, não conhecia essa data comemorativa.
    Beijos!
    Paloma Viricio- Jornalismo na Alma

    ResponderExcluir
  7. Heey,
    Sempre bom valorizar esses profissionais que nos auxiliam tanto...Devemos agradecer e muito a essas pessoas que são de suam importância para nós, mas as vezes lembramos apenas de criticar quando algo está errado... Terrível isso.
    Adorei seu post flor, beijos :)

    http://secretsentreamigas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Oi, Fran.

    Amei sua postagem! Por esses dias, li "Anna e o Beijos Francês" e o assunto foi mencionado no livro, pois os personagens são estudantes de uma escola americana em Paris. Bem, a tradução é algo louvável. Sempre observo quem traduziu os livros que leio e coloco seus nomes nas resenhas, ainda comparo os nomes dos tradutores para saber se li dois livros traduzidos pela mesma pessoa. Não sou fluente em outra língua, mas estudo francês. Nossa, há palavras que são mesmo muito difíceis de traduzir. Do português, "saudade" vira "falta"; do francês, "Je m'abadonne" vira "eu me entrego". Mas ambas querem dizer muito mais. Aqui dizemos "Um beijo", lá "Je t'embrasse". rsrs... Beijar é verbo em português, em francês, é substantivo. Ora, tradutores são muito importantes sim! Agora, se um mesmo texto for traduzido por duas pessoas distintas, perceberemos as diferenças - ainda que pequenas.

    Só por curiosidade, o primeiro tradutor da Bíblia para a língua portuguesa foi João Ferreira de Almeida. Ele traduziu a Bíblia do inglês para o português.

    PS. Tem sorteio da trilogia Cinquenta Tons lá no blog.

    Beijos,

    Isie Fernandes - de Dai para Isie

    ResponderExcluir
  9. Não sabia desse dia e nem de como um Tradutor o considerava importante.

    http://enfimshakespeare.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir