quarta-feira, 23 de maio de 2012

#Livro | Pretty Little Liars - Maldosas


Este livro já não deve ser novidade para muita gente, principalmente para quem conhece a série de TV de mesmo nome. Mas como eu sou meio atrasada no quesito "leitura de livros famosos", só tive a oportunidade de lê-lo agora. E já posso até a me atrever a dizer que não pretendo parar de ler as continuações por um bom tempo.

"Pretty Little Liars - Maldosas" é a primeira parte de uma série de doze livros escritos por Sara Shepard. Esta parte nos dá uma introdução para a amizade entre Alison, Emily, Spencer, Aria e Hanna, cinco adolescentes de aproximadamente 13 anos, que moram em Rosewood, uma cidade onde todos parecem viver da aparência. A líder do grupo é Alison, uma garota extremamente mandona, que sempre consegue persuadir as meninas a fazer o que ela quer e é a única que sabe dos segredos mais íntimos de todas. Desta forma, a amizade delas é fincada em segredos em comum e mentiras. Quando Alison desaparece misteriosamente em um certo dia, os segredos das garotas parecem desaparecer também e elas, de certo modo, se veem tranquilas quanto a isso, mesmo que o desaparecimento da amiga as preocupe.

Três anos se passam e nenhum sinal de Alison. A vida das quatro garotas mudou consideravelmente e nenhuma delas mais fala uma com a outra. Emily passou a se dedicar integralmente para a natação; Spencer se "jogou de cabeça" nos estudos e tenta ser a melhor em tudo; Aria foi passar um tempo na Islândia com a família; e Hanna, antes gordinha, emagreceu e agora vive de sua aparência. Tudo vai bem na vida das garotas, até que algumas coisas começam a acontecer para assustá-las.

Assim que Aria volta para Rosewood, todas começam a receber recados de alguém chamado "-A", que diz saber de todos os segredos delas, segredos esses que só Alison sabia. Além disso, "-A" também parece estar vigiando todas elas, pois sabe de coisas que acontecem no presente. As meninas, é claro, pensam que esta pessoa misteriosa é Alison. No entanto, quando alguém supostamente encontra o corpo de Alison enterrado no quintal da casa dela, as meninas percebem que é uma outra pessoa querendo vingança. E é a partir dos segredos, das mentiras e de todo o mistério de "Quem é -A?" e "Quem matou Alison?" que a trama se desenrola.

O livro é escrito em terceira pessoa e cada capítulo é atribuído a uma garota, então dá para ter uma visão ampla da vida e dos medos e receios de cada uma delas. A narração é bem simples, o que deixa a leitura bastante fluída, dá para ler o livro em um dia. No início eu achei as coisas um pouco confusas, pois não há muitas descrições físicas das meninas e as coisas aconteciam rapidamente. Isso me deixou com certa dificuldade de imaginá-las direitinho, ainda mais porque era tantas meninas, mas com o decorrer da história você passa a se acostumar e a ter mais "intimidade" com elas. 

Gostei da forma como Sara construiu a personalidade de cada uma das garotas. Apesar da narrativa ser em  terceira pessoa, como já mencionado acima, dá para notar a sutil diferença de um capítulo para outro na forma como cada personagem vê as coisas. A personalidade delas foi tão bem elaborada, que quando você lê o nome dos capítulos, já sabe de quem ele falará.

Quanto ao mistério que ronda a vida das garotas, eu achei nota dez. Todas as possíveis teorias que você faz em relação a isso se mostram erradas mais lá para frente. Cada coisinha é bem feita, de maneira que você não consegue achar o suspeito mais adequado. O suspense está presente em cada capítulo, fazendo com que você leia loucamente na tentativa de desvendar e descobrir todas as respostas ainda não encontradas. E falando em suspense, eu me arrepiava com cada mensagem de "-A". Era como se esta pessoa estivesse me vigiando também, de tanto que eu absorvi a história.

Já em relação aos segredos pessoais das garotas... Sinceramente? Achei bastante fracos, pensei que seriam muito mais sérios. É óbvio que para meninas tão jovens, os segredos que cada uma guarda são grandes demais para arruinar com a imagem de todas. Por isso eu acho que elas são ingênuas a ponto de se preocuparem com esses segredos. Alguns deles poderiam ser facilmente contornados se não fosse o medo delas. Os únicos mais compreensíveis e que poderiam mesmo trazer consequências sérias, são os segredos de Aria e Spencer. O resto não é tudo aquilo - pelo menos para mim. Entretanto, em relação ao segredo em comum que elas guardam... Esse sim é complicado. 

Adorei a capa do livro e o conceito que traz. Na capa nós vemos uma boneca, a representação de uma pessoa perfeita e facilmente manipulável. As meninas são exatamente isso: vivem da aparência e são manipuladas por causa de segredos que escondem. 

O que eu mais gostei desse livro foi a maneira que Sara encontrou de misturar o mistério e suspense com o mundo adolescente. Não tem personagens enjoativas, tão "fresquinhas" a ponto de deixarem a narrativa maçante. 

E como muitos devem saber, já que é bastante famosa, existe uma série baseada no livro. Ainda não acompanhei direito por pura preguiça, assisti apenas dois episódios para comparar e posso dizer que até está fiel, mas com algumas alterações que não me agradam tanto, como a aparência física de alguns personagens e o fato de terem mudado o tempo que a história se passa. Apesar disso, eu recomendo para quem ainda não tem nenhuma noção da história e quer ficar sabendo. A série é transmitida pelo canal à cabo Boomerang e está em sua segunda temporada, no Brasil - prestes a iniciar sua terceira temporada, creio eu.
Então aqui fico com a dica de hoje. O que você achou?

Não esquece de comentar!

Beijos :)

3 comentários:

  1. Olá,olha eu aqui mais uma vez. Visitos vários sites,mas ultimamente o seu está entre os meus preferidos! Irei até colocar no "Eu visito" do meu blog ;] Você escreve de umaforma bastante clara e não arrasta ou dá voltas no assunto, é muito bom vir ao seu blog, ler as suasopiniões,são bastante claras e objetivas, nada de "puxa-saquismo" ou "ah, vocês TÊM que ler esse livro!". É, você realmente tem talentopara ser blogueira :) Meu parabéns! Ganhou uma seguidora!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Bruna!

      Muito obrigada pela visita e por mais um comentário. Fico bastante feliz em saber que alguém gosta do que faço, apesar do blog ser pequeno. Sempre tento trazer algo legal para cá e de uma forma que deixe as pessoas interessadas. Essa coisa de "Você tem que ler" é meio chato, porque meio que obriga as pessoas a lerem algo. O blog tem a proposta de dar dicas, então fica só a critério da pessoa querer procurar por mais ou deixar a dica passar reto.

      Bjins :)

      Excluir
    2. Imagina. E olha, um post bem feito de um blog novo vale tanto quanto um post de um blog maior, o que importa é a qualidade e a dedicação que a pessoa exerce naquilo. Concordo com você; há pessoa por aí que mal conseguem sugerir algo sem dar a opinião em cada palavra. Claro que a gente pode fazer alguns comentários aqui e ali, mas não impondo o tempo todo para as pessoas o nosso ponto de vista.
      Beijos *--*

      Excluir